Nas suas palavras, canta a essência da alma e da vida Cabo-verdiana.
Newsletter

Introduza o seu endereço de e-mail:

feedback dos fãs
um abraço ao sr Armando depois de longos dias no h...
Ola Celina! Como embaixatriz das novas vozes e rit...
Maravilhoso
Nossaaa..
Olá Celina! falhei à reunião...muito em breve, ire...
Quando a voz é doce, a música curva-se ante a melo...
sou irmà do luis fortes. sou orgulhosa de ser cabo...
Este blog está em destaque na homepage do SAPO Cab...
olá.infelizmente, não sabemos a que música se refe...
pesquisar neste blog
 
arquivos
Posts mais comentados
1 comentário
02
Fev
10

Celina Pereira - Notícias de Janeiro

 

 

BLIMUNDO COM GRANDE COBERTURA MEDIÁTICA

Janeiro foi um mês de grande importância e actividade para Celina Pereira, com o lançamento do seu novo audio-livro "Estória, Estória - Do Tambor a Blimundo".
 
Tudo começou ainda no final de Dezembro, com a entrega dos livros, ainda quentes, aos parceiros deste trabalho, e com a primeira entrevista, para a Agência Lusa.
 
Com o aproximar da apresentação oficial, e depois de ter apresentado as suas 'afilhadas' Simplesmente Vieira no OndaJazz, começou o rodopio das entrevistas. Muitas foram as notícias sobre esta nova fase da vida de Blimundo, o herói da estória príncipal do audio-livro. Aqui ficam apenas as entrevistas:
. Diário de Notícias
. RTP - Informação
. RTP África
. RDP África - Museu do Mundo / Informação
. Documentário sobre Eugénio Tavares - Televisão de Cabo Verde
. TV Cabo Verde - Informação - Júlio Silvão
. Rádio Sim - José La Feria
. RTP - Portugal no Coração
. TVI - Todos Iguais - Vítor Bandarra
. RTP - Nós
. Rádio Clube Português - Aurélio Gomes
. Expresso - António Loja Neves
. SIC - Etnias
Nos programas de televisão, para além da conversa, Celina interpretou também o tema 'Blimundo' e uma das mornas que constam da serenata incluída no audio-livro, acompanhada ao violão, cavaquinho e korá, uma fantástica harpa africana.
 
A todos queremos agradecer o interesse e a divulgação deste audio-livro infantil, considerado também pelos parceiros como uma excelente ferramenta pedagógica para formadores envolvidos na educação inter-cultural.

APRESENTAÇÃO NO IFP

 

 

28 de Janeiro, Institut Franco-Portugais. Usa da palavra o anfitrião, Dr. Jean-Paul Lefevre, ao lado da Srª Alta-Comissária Drª. Rosário Farmhouse, do ACIDI, que presidiu à sessão e apresentou o audio-livro, no qual é autora de um dos prefácios.

Como habitualmente, para além dos breves discursos, no IFP Celina agraciou os presentes com dois temas musicais deste audio-livro. Aqui, Celina desafia Dani Silva, no refrão de 'Blimundo'.

Muitos amigos fizeram questão de marcar presença nestas apresentações, como André Gago no IFP.

 
 
publicado por Celina Pereira às 18:33
26
Jan
10

REPORTAGEM

Na tarde do passado Sábado, decorreu na Bulhosa do Oeiras Parque a apresentação do novo audio-livro de Celina Pereira. Na foto, da esquerda para a direita, António Gonçalves Pereira (manager e produtor), Margarida Carmo (Publicar), Celina Pereira, José Eduardo Gonçalves Pereira (Publicar) e a Srª Deputada Drª Celeste Correia, que presidiu ao evento e apresentou este novo trabalho, que classificou como uma peça importante para crianças e formadores.

Celina Pereira usando da palavra, sempre com emoção, e sempre dando destaque e especial atenção às crianças presentes. Porque, como faz questão de frisar, é prioritariamente para elas que faz estes trabalhos, quer escritos, quer orais.

Após as palavras, a música. Como habitualmente, Celina chamou as crianças presentes para junto de si, ensaiando então o refrão de 'Blimundo', o tema musical do herói da estória principal deste audio-livro. Os clientes da Bulhosa foram então surpreendidos com um autêntico coro, em que os adultos fizeram também questão de participar: 'Ó Blimundo, senhor rei mandó'm bem b'scóbe Bô bem casá c'sê codizinha'. Que é como quem diz 'Ó Blimundo, o rei mandou-me buscar-te para ires casar com a Codezinha'.

A sessão acabou com a habitual sessão de autógrafos, muito participada. Celina teve ainda algumas surpresas, como a presença de um seu antigo professor, ou um artesão que compareceu para lhe oferecer uma nova peça de bijutaria, feita propositadamente para a sua 'diva'.
 

Seguem-se as apresentações no IFP, a 28 de Janeiro, na Associação Cabo-verdiana de Lisboa e em Serralves, com datas ainda por confirmar.

Fotos: XAN

publicado por Celina Pereira às 21:01
13
Jan
10

- 19 de Janeiro, Paços do Concelho, Lisboa

- 23 de Janeiro, Bulhosa Oeiras Parque

É já na próxima terça-feira, dia 19, pelas 17.30h, que será apresentado o novo audio-livro de Celina Pereira, "Estória, Estória ... Do Tambor a Blimundo".

Tratando-se, na realidade, de um livro + audio-livro, esta nova edição conta com 23 fantásticos quadros do artista plástico moçambicano Roberto Chichorro, criados especificamente para o efeito, e que servem ainda de base a todo o grafismo do livro.

A parte audio mantém-se da edição anterior, com um cd incluindo as estórias e alguns temas musicais relacionados com as mesmas.

Estes audio-livros são o resultado visível de muitos anos de pesquisa, investigação e grande interesse de Celina Pereira pelas raízes culturais cabo-verdianas. Nas suas viagens pelo mundo, Celina procura idosos, sábios, investigadores de origem cabo-verdiana e, de gravador em punho, regista as suas estórias e histórias, os seus cantos, os seus testemunhos.

Depois, tratados, compilados, colocados em papel e cd, fazem as delícias de crianças e professores das escolas de Portugal, Cabo Verde e pelas diásporas de ambos os países.

Com base nestes audio-livros, Celina Pereira leva também a cabo as sessões "Contos e Cantos" para crianças um pouco por todo o mundo, no âmbito da educação intercultural e da sua ligação à Fundação Yehudi Menuhin, de cujo curriculum Portugal é signatário.

Além da apresentação protocolar, que decorrerá na lindíssima Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa, está já agendada também a primeira apresentação para público, que decorrerá da livraria Bulhosa do Oeiras Parque, no sábado 23 de Janeiro, pelas 16 Horas.

Em ambas as ocasiões, para além da presença de Roberto Chichorro e dos convidados de honra, Celina Pereira fará questão de presentear os presentes com um ou dois temas musicais deste audio-livro, como "Blimundo", o herói da estória principal.

publicado por Celina Pereira às 23:50
02
Dez
09

Contos e Cantos na Casa Pia - 15 de Dezembro

Uma vez mais, Celina Pereira irá ao Colégio Pina Manique, no âmbito das suas acções de educação inter-cultural "Contos e Cantos". Para uma plateia um pouco mais adolescente do que o habitual, Celina espera renovar o sucesso das acções anteriores, nesta que é uma das suas preferidas acções de responsabilidade social.

Entrevista RDP África - 19 Dezembro

A convite de Vilma Vieira e de Manuel Coutinho, Celina Pereira estará no programa "No Berço da Vida" para falar de educação inter-cultural, das suas acções "Contos e Cantos", da sua paixão pelas crianças. Sintonize, a partir das 10 horas, logo a seguir ao noticiário.

Novo audio-livro "Estória, Estória" quase pronto
A nova edição de "Estória, Estória - Do Tambor a Blimundo" está em fase final de produção. Os 23 quadros que o pintor moçambicano Roberto Chichorro executou especificamente para este livro resultaram em ilustrações lindíssimas e envolventes, num audio-livro que agora verá o seu formato impresso crescer em dimensões e qualidade, mantendo-se o cd inalterado. Afinal, esta edição especial resulta de a edição anterior, publicada em Itália, se ter esgotado e por Celina Pereira querer dar-lhe algum valor acrescentado.
As entidades parceiras irão receber os seus exemplares ainda a tempo do Natal, mas o grande público só conhecerá este novo livro a partir e Janeiro, quando terão início as acções de lançamento.

publicado por Celina Pereira às 23:05

Depois de já ter passado por este evento a 7 de Novembro, e depois de uma acção também nos Encontros da Lusofonia em Torres Novas, Celina Pereira esteve novamente na Expo Celebrar Oeiras no passado dia 28, Sábado, a convite da Mapa das Ideias.


Estas duas sessões Contos e Cantos decorreram no seu formato mais completo, ou seja, com um músico e uma animadora a ilustrarem e acompanharem Celina nestas viagens pelo universo da inter-culturalidade. As crianças adoraram, tal como os pais presentes, aprendendo um pouco de crioulo, entoando cantigas de roda, escutando com muita atenção a estória de Blimundo, o herói de um dos contos infantis que constam nos audio-livros de Celina Pereira.

publicado por Celina Pereira às 20:29

Celina Pereira mostra “contos e cantos” de Cabo Verde em dezenas de escolas portuguesas

27 Novembro 2009, por Otília Leitão, in Semana Online

De braço no ar, vários meninos portugueses assinalavam à Celina Pereira, a cantora, que sabiam palavras em crioulo, mas o Mário, de pais de Santiago, sabia o nome de todas as ilhas de Cabo Verde e, como a Mabel de S. Tomé, falava o crioulo sem hesitação: “min sta gosta di bo”, dizia enquanto os outros procuravam repetir em conjunto. Celina Pereira concretizava a sua interacção no âmbito do programa “Contos e Cantos” de Cabo Verde, que desde o dia 16 tem percorrido mais de três dezenas de escolas.

Estava-se na Escola EB2 e 3 de Vale Milhaços, na margem sul do Rio Tejo, numa escola de novecentos mil alunos de um vasto leque de origens e que vai até ao nono ano.
O trabalho da artista, que é também pedagoga, insere-se no projecto Estação do Livro 2009, promovido pela Biblioteca Municipal do Seixal sob o lema “Ver e Olhar” em 31 escolas do ensino básico e secundário.
Celina é a única que faz este tipo de interactividade, guardando consigo um conjunto de recordações e cartas que os seus alunos lhe oferecem – incluindo a do Pedro de cinco anos que lhe escreveu de Goiás Brasil, a agradecer-lhe quando ela esteve lá no Verão passado em idêntica acção . “Quero com estes desenhos e cartas fazer uma exposição, ou mesmo uma galeria no meu blogue", comenta a artista, para quem “este trabalho é gratificante pelas sementes de cultura” que vai espalhando e que vão frutificando.
“Rodeada de adolescentes do sexto ano, explicou a origem do crioulo como uma língua cabo-verdiana, a partir da fusão do português arcaico, com as línguas dos escravos. Falou da lusofonia e “dos países irmãos que falam o português”.
À pergunta Quem sabe crioulo? Viam-se braços no ar e choviam perguntas: Como se diz eu sei cantar? ou Vamos ouvir?. E Celina falava em crioulo nas diferentes variantes.
A cantora, "interagindo" com os alunos de forma viva e envolvente, ia introduzindo os costumes, as comidas, a música, a cultura cabo-verdiana.
Cantou “Sodade” que todos conheciam ser de Cesária Évora, traduzindo, com o mimetismo dos alunos, do crioulo para o português e vice-versa. Mostrou o seu trabalho, um audio-livro já esgotado no mercado, intitulado “Estória, Estória...”, com nova edição para breve.
Munida de um rádio-gravador, Celina Pereira ensaiou, do seu álbum, o conto/jogo “escravos de Jó” procurando com isso a constante participação dos alunos que, com os seus professores, enchiam o auditório da escola.
A finalizar, uma cantiga sobre a aranha “Anaiza” de sete patas e cintura fina, onde cada aluno é instado a dar-lhe um bocadinho de cachupa...coco...doce...batatas fritas... atando à cintura da aranha um fio para a chamar, e quando a comida cheirosa ficou pronta, todos puxaram os fios, para avisar a aranha. Foi assim que Anaiza, tendo sido puxada por tantas fios ao mesmo tempo, se sentiu espartilhada e então ficou com uma cintura muito fina.
A actividade chegou ao fim com a expressão espontânea de uma massa jovem: “Tudo cosa qui e sabi, acaba dpressa”.

Ver mais em: http://www.asemana.publ.cv/spip.php?article47539&ak=1

 

 

publicado por Celina Pereira às 19:46
17
Jul
09
  

1990/97
- Jardins Infantis, Escolas e Liceus do Ensino Bilingue- Boston Massachusetts, USA;
Desde 1996 - Escola n.º 1 de Algés / Programa MUS-E;
2000 - CCB - Centro de Pedagogia e Animação / "Ritmos e Raízes de África em Lisboa - Março e Abril;
2000 - Villagio Globale - Dia Internacional da Criança, Roma, Itália;
2001 - Auditório da FNAC - Cascais - Novembro e Dezembro;
2001 - Convénio Internacional "Chi Vuole Fiabi,Chi Vuole...", Florença, Itália;
2001 – “Palácio dos Contos”, no Paço Real de D. Manuel, Évora;
2002 - PORT´ ÁFRICAS "Encontro de Culturas" - Escolas E.B. - Outubro;
2002 - "Palácio dos Contos", Évora, Outubro;
2002 - “Volare... alla Conquista del Libro”, Dezembro, Siena, Itália;
2003 - "Sentidos" – organização da Associação Académica de Lisboa no Ano Europeu do Deficiente, Junho;
2003 - Café Santa Cruz, organização da Cena Lusófona para “Coimbra Capital Nacional da Cultura 2003”, Junho;
2005 – “Contos e Cantos”, Porto;
2009 - “Contos e Cantos”, Escola em São Vicente, Março.
 
 
Edição
1990 - " Estória, Estória ...no Arquipélago das Maravilhas" - LP recolha de tradições orais (contos tradicionais cabo-verdianos e cantigas infantis); 
2001 - "Estória, Estória..." - reedição em formato Livro + CD.
........................................................................................
NOTA: Habilitações Literárias
 
7º Ano dos Liceus
Curso de Magistério Primário – Escola Superior de Educação Viseu
 
Cursos de Formação Profissional:
- Aviação Comercial, Operações de Terra – Carga Aérea, Ticketing e Reservas -TAP AIR PORTUGAL
- Curso de Especialização de Apresentadores de Rádio
- Inglês – British Council 3º Grau (fluente, falado e escrito)
- Francês – Alliance Française 4º Grau (fluente, falado e escrito)
- Alemão – Berlitz School (rudimentar)
- Curso de Representação e Apresentadores de Televisão ( 1ª Fase) - Academia de Arte/ARTE 6  - Lisboa

 

publicado por Celina Pereira às 10:44

fotos
Contactos
António Gonçalves Pereira
Tlm: 91 785 7111
E-mail: celina.agp@gmail.com
blogs SAPO