Nas suas palavras, canta a essência da alma e da vida Cabo-verdiana.
Newsletter

Introduza o seu endereço de e-mail:

feedback dos fãs
um abraço ao sr Armando depois de longos dias no h...
Ola Celina! Como embaixatriz das novas vozes e rit...
Maravilhoso
Nossaaa..
Olá Celina! falhei à reunião...muito em breve, ire...
Quando a voz é doce, a música curva-se ante a melo...
sou irmà do luis fortes. sou orgulhosa de ser cabo...
Este blog está em destaque na homepage do SAPO Cab...
olá.infelizmente, não sabemos a que música se refe...
pesquisar neste blog
 
arquivos
Posts mais comentados
16
Jun
10

IMAGENS DE UMA NOITE INESQUECÍVEL!

Aconteceu na passada sexta-feira, dia 11 de Junho, no Teatro São Luiz, em Lisboa. Organizado por Miguel Anacoreta Correia, o grande espectáculo de homenagem a Bana, a lenda vida da música cabo-verdiana, proporcionou momentos únicos, para uma sala lotada.
Aqui ficam alguns desses momentos. As fotos são de Xan.

Bino Barros e a sua banda abriram o espectáculo. Vindos de Espanha, trouxeram juventude, irreverência e novos sons da diáspora.

A primeira grande emoção: Luz Maria, a filha mais nova do homenageado, estreou-se neste espectáculo. Quando Bana, de surpresa, entrou para completar o dueto e apadrinhar esta passagem de testemunho, a sala quase vinha abaixo de emoção.

A apresentação esteve a cargo de uma emocionada Laurinda Alves, aqui com Leonel Almeida que, além de actuar, contou a primeira estória da noite.

Rita Lobo, sempre elegante e de voz quente.

Dany Silva, outro amigo de longa data, que fez uma passagem relâmpago pelo São Luiz, já que, com tantos artistas e músicos neste espectáculo, alguém tinha que assegurar a música na Casa da Morna, como todas as noites.

Mayra Andrade veio propositadamente de França, aqui num momento emocionado do seu dueto com Bana.


O grande Morgadinho, vindo expressamente de Paris, aqui ainda em ensaios.

Eneida Nelly e Gonçalo Moita trouxeram 3 momentos de texto e poesia, como que fazendo o enquadramento da homenagem.

Os sempre espectaculares Alma de Coimbra, além de abrirem a segunda parte com 4 temas do seu repertório, convidaram Bana para um Sodade 'honoris causa'.

Já eu, além das músicas programadas, surpreendi o Bana com o tema que ele sempre me pede para cantar, desde os tempos do Eden Parque: Avé Maria do Morro.

Tito Paris fez questão de aparecer, de surpresa, já próximo do final do espectáculo.

Luis Fortes veio da Holanda para actuar e homenagear o seu amigo. Aqui, num momento de amizade que deliciou a plateia, com D. Aquilina, esposa de Bana, e o também recuperado Armando Tito, que subiu ao palco para acompanhar os temas finais da actuação de Bana.

No final, com todos em palco, Leonel Almeida e Luis Fortes entregaram a Bana um troféu, em nome dos músicos cabo-verdianos da diáspora, enquanto Princezito entregou uma lembrança trazida dos músicos de São Vicente.

publicado por Celina Pereira às 21:11
30
Mai
10

Mais um clip de video de Celina Pereira. Desta feita, o primeiro filme retirado do espectáculo 'Entre Mornas e Fados especial', gravado a 15 de Abril no Teatro São Luiz, em Lisboa.
Já em fase de encore, depois de mais de duas horas de espectáculo, Celina atendeu os insistentes pedidos do público e, com Zé Afonso ao piano, cantou 'Avé Maria do Morro'. Uma prenda de agradecimento a todos os que, há mais mais de quarenta anos de espectáculos, pedem este lindíssimo cântico.

publicado por Celina Pereira às 22:02
02
Mai
10

Mais de duas semanas passadas e continuam os ecos deste grande espectáculo. Enquanto aguardamos pela transmissão na RTP África, aqui ficam mais alguns momentos, captados pela objectiva do artista plástico José Robalo.

Vários foram os momentos de grande emoção para Celina Pereira no palco do São Luiz. Aqui, um deles: 'Avé Maria do Morro', exigido por uma plateia que escutou em absoluto silêncio.

As Batucadeiras Voz de África, chamando Celina Pereira no início do espectáculo.

O ambiente intimista inicial do espectáculo, enquanto se ouvia o texto 'Entre Mornas e Fados' e os instrumentos respondiam aos chamados. As peças de cenário de Anésia Medeiros são, como sempre, feitas a partir de resíduos. Recicladas, portanto.

Celina Pereira e Maria Alice, num dos primeiros momentos de partilha em palco.

José Afonso, Celina Pereira e Dany Silva, partilhando a sua evidente cumplicidade artística e humana com o público.

O quarteto de cordas em que se sustenta o 'Entre Mornas e Fados' e a sua fusão. Da esquerda para a direita: Djudjuty Alves, Adérito Pontes, Diogo Chang Faria e Luis Roquette.

Miroka Paris, na percussão e coros, e Galissa, com o seu fabuloso korá.

Desta vez, o 'Entre Mornas e Fados' passou também pelo oriente, com a harpa chinesa e o canto de Cao Bei.

Cristina Nóbrega: a beleza, a garra e a voz de um grande nome actual do fado.

Duarte, num dos duetos que sempre faz com Celina Pereira neste espectáculo. Quando o fado vira morna e a morna fado.

 

Um lindíssimo e muito conhecido tema do pai, sobre o avô. Vilma Vieira e o seu 'Minute d' Silence', desta vez em fado, comoveram a plateia.

40 anos depois, agora no São Luiz, Celina Pereira e Bana juntos em palco. Talvez o momento que mais emocionou o público, a que Bana correspondeu com 3 temas 'extra-alinhamento'.

O público, deliciado, que praticamente encheu a lindíssima sala do São Luiz, aqui acompanhando 'Sol di Manhã' no final do espectáculo.

publicado por Celina Pereira às 22:38
18
Abr
10

IMAGENS DE UMA NOITE INESQUECÍVEL

Nove da noite. Cresce a ansiedade. Apaga-se a luz e começam a ouvir-se os primeiros cânticos e palmas das Batucadeiras Voz de África. Entram pela sala e brindam o São Luiz com o seu tema 'Celina Pereira', como um chamado.
Sobe o pano e sons de mar invadem a sala. Sem se saber de onde, uma voz inconfundível diz, enquanto os instrumentos lhe respondem:
"Vislumbra-se a vela, ao longe, nesse mar de prata e desassossego. Cresce a ansiedade da viagem, ouvem-se os primeiros cantos do cavaquinho. Chora de alegria e festa, de sonho e emoções renovadas.
A guitarra, a bordo, responde, no seu tom alegre e triste, de varina apregoadeira, com cheiro a vielas da Madragoa.
Eis que chega um violão. Pelo bordão se percebe que tem sabor a trópicos. Mas logo se junta o seu irmão europeu, mais a compasso e firme.
Mãos cumprimentam-se em abraços e juntam-se em percussão. Adivinham-se as primeiras vozes, em suspiros e sussurros, afogueando a vontade de expressar alegria e dor, guerras e amor.
Entre mornas e fados viaja esta lusofonia, transportando-nos a alma e o coração por oceanos e povos distantes.
Como um eco das nossas emoções."
Acendem-se as luzes no palco. Uma noite inesquecível estava a começar.

Um dos primeiros duetos da noite. Celina Pereira e Duarte, em 'Beijo de Saudade', de B.Leza. Mais tarde, partilharam também 'Mar Eterno', de Eugénio Tavares.

Celina com o primo Dany Silva. 'Mama África' proporcionou um momento em família partilhado com o público do São Luiz.

A fantástica voz de Cristina Nóbrega trouxe o melhor do fado ao São Luiz. Cao Bei, para além de surpreender a plateia com um refrão de 'Lisboa Antiga' em Mandarim, interpretou um tema tradicional com a sua harpa chinesa.

José Braima Galissa e o seu korá, com o qual cantou uma estória tradicional da Guiné, para além de acompanhar 'Blimundo', a canção do herói da estória do novo audio-livro de Celina.

Vilma Vieira, a voz que chama 'Blimundo', surpreendeu todos com uma lindíssima versão em fado do hino do seu pai, Paulino Vieira, 'Minute de Silence'.

Maria Alice partilhou com Celina 'Trás d'Horizonte' e, com Dany Silva e Vilma Vieira, comemorou o primeiro tema em disco de Celina Pereira, 'Força di Cretcheu'.

Com Bana, a plateia emocionou-se e interrompeu o espectáculo com uma demorada ovação de pé. Depois de 'Sina de Cabo Verde', em dueto com Celina, Bana recordou ainda mais três dos seus grandes êxitos.

Com todos em palco, 'Sol di Manhã' e uma versão batucada de 'Mãe Preta' fecharam a noite. Um sonho realizado por Celina Pereira, que há muito desejava apresentar-se no São Luiz, uma das suas salas de eleição.

 

Direcção Musical: José Afonso
Cenografia: Anésia Medeiros
Caracterização: António Crispim
Direcção Geral: António Gonçalves Pereira

Músicos:
José Afonso: piano / violão
Djudjuty Alves: cavaquinho
Adérito Pontes: violão
Diogo Chang Faria: guitarra portuguesa
Luis Roquette: viola de fado
Miroka Paris: percussão
Galissa: korá
Cao Bei: harpa chinesa

 

Fotos: XAN - aehococo@gmail.com

 

APOIOS e MEDIA PARTNERS

publicado por Celina Pereira às 22:50
06
Abr
10

Nhas Cretcheu,Nhas Amor

 

No próximo dia 15 de Abril, vou estar no São Luiz, em Lisboa, para mais uma aventura "Entre Mornas e Fados", com amigos muito queridos. O Bana, o Dany Silva, a Maria Alice, o Duarte, a Cristina Nóbrega, a Vilma Vieira, o Galissa e a Cao Bei aceitaram este meu desafio e vão estar comigo na lindíssima sala do São Luiz para uma noite muito especial. 

O meu querido Zé Afonso aceitou fazer a direcção musical do espectáculo e juntamente com o Adérito Pontes, o Djudjuty, o Diogo Chang, o Luís Roquette, o Galissa no Kora e o Miroka vão ajudar-nos a fazer deste, um dos espectáculos da minha vida.

Para que isto seja possível, preciso de todos vós. Dos amigos, dos conhecidos e daqueles que quero conhecer. Venham fazer-nos companhia! Vamos celebrar a interculturalidade e a lusofonia!

Os bilhetes já estão à venda no São Luiz e em www.ticketline.pt.

Conto convosco!

Celina Pereira

publicado por Celina Pereira às 21:58
29
Mar
10

Quinta-feira, 15 de Abril, Teatro São Luiz

Um espectáculo especial, com convidados muito especiais. Celina Pereira gravou há 12 anos o tema 'Beijo de Saudade', de B.Leza, com o saudoso Carlos Zel. Desde então, ficou o plano de montar um espectáculo de fusão entre a morna e o fado, sons de raízes irmãs. Apenas em 2008 Celina Pereira conseguiu iniciar este projecto.
Depois das apresentações em vários espaços de Lisboa e Cabo Verde, com um elenco jovem e muito talentoso, chegou agora a vez de uma apresentação num espaço que Celina Pereira tem no coração: o Teatro São Luiz, em Lisboa.
Bana, Dany Silva, Maria Alice, Cristina Nóbrega e as Batucadeiras Voz d'África são alguns dos reforços de peso no elenco deste 'Entre Mornas e Fados', juntando-se a Duarte, Vilma Vieira e um lote de músicos e instrumentos tradicionais e surpreendentes. Porque uma sala com tão grandioso historial assim merece.

RTP ÁFRICA, DOCUMENTÁRIO E DVD

Para tornar a ocasião ainda mais especial, este espectáculo será efectuado também para a RTP, com transmissão posterior em vários canais. Serão ainda colhidas imagens para o documentário que Celina Pereira está a preparar para a RTP África e outras estações, sobre os seus mais de 40 anos de pesquisa das tradições orais. E espera-se ainda a edição de um dvd do espectáculo, com um menu alargado a testemunhos, making-off e outros momentos.
Tudo óptimas razões para pôr na agenda: 15 de Abril, 21.30h, Teatro São Luiz.
Bilhetes já à venda no local e na Ticketline.

publicado por Celina Pereira às 22:38
21
Mar
10

Quinta-feira, 15 de Abril, Teatro São Luiz

Entre Mornas e Fados com Bana, Dany Silva e mais convidados

 

-25 de Março, Porto - Café-Concerto Teatro Rivoli

-26 de Março, Coimbra - Casa Museu Bissaya Barreto
-Audio-Livro nas FNAC em Abril

ENTRE MORNAS E FADOS NO SÃO LUIZ
Um espectáculo especial, com convidados muito especiais. Celina Pereira gravou há 12 anos o tema 'Beijo de Saudade', de B.Leza, com o saudoso Carlos Zel. Desde então, ficou o plano de montar um espectáculo de fusão entre a morna e o fado, sons de raízes irmãs. Apenas em 2008 Celina Pereira conseguiu iniciar este projecto.
 
Depois das apresentações em vários espaços de Lisboa e Cabo Verde, com um elenco jovem e muito talentoso, chegou agora a vez de uma apresentação num espaço que Celina Pereira tem no coração: o Teatro São Luiz, em Lisboa.
 
Bana, Dany Silva, Maria Alice, Cristina Nóbrega e as Batucadeiras Voz d'África são alguns dos reforços de peso no elenco deste 'Entre Mornas e Fados', juntando-se a Duarte, Vilma Vieira e um lote de músicos e instrumentos tradicionais e surpreendentes. Porque uma sala com tão grandioso historial assim merece.
 
Para tornar a ocasião ainda mais especial, este espectáculo será efectuado também para a RTP, com transmissão posterior em vários canais. Serão ainda colhidas imagens para o documentário que Celina Pereira está a preparar para a RTP África e outras estações, sobre os seus mais de 40 anos de pesquisa das tradições orais. E espera-se ainda a edição de um dvd do espectáculo, com um menu alargado a testemunhos, making-off e outros momentos.
 
Tudo óptimas razões para pôr na agenda: 15 de Abril, 21.30h, Teatro São Luiz.
Bilhetes já à venda no local e na Ticketline.

25 de Março, no Porto

ESPECTÁCULO INTIMISTA NO CAFÉ-CONCERTO DO TEATRO RIVOLI
 
Uma quinta-feira feliz. Às 18.30h, Celina Pereira estará na apresentação do seu novo audio-livro na livraria Leitura do Shopping Cidade do Porto. Segue-se uma noite diferente no restaurante e Café-Concerto do Teatro Rivoli. Depois do jantar, acompanhada ao cavaquinho e violão, Celina fará uma actuação intimista, com o seu repertório tradicional.
 
Um momento já muito solicitado na Invicta.
Informações: Café Concerto Rivoli -  91 637 8264

 
26 de Março, em Coimbra
APRESENTAÇÃO NA CASA-MUSEU BISSAYA BARRETO

A convite do Círculo de Língua Portuguesa, Celina Pereira estará na próxima sexta-feira em Coimbra. Um programa com dois momentos altos: às 18.30h, apresentação do "Estória, Estória" na prestigiada Casa Museu Bissaya Barreto. A noite será preenchida com um Sarau de Raízes Africanas, na Escola de Hotelaria e Turismo, no qual actuarão também Sandra Horta e um grupo de jovens estudantes angolanos, que dançarão ritmos tradicionais. Este espectáculo pretende homenagear a Cáritas Deocesana de Coimbra.
 
a partir de Abril
AUDIO-LIVRO "ESTÓRIA, ESTÓRIA" DISPONÍVEL NAS LOJAS FNAC
Com a primeira edição quase a esgotar, o novo audio-livro de Celina Pereira estará também disponível nas Lojas Fnac já a partir do início de Abril. 16 novos locais, a juntar-se às Bulhosa, Europa-América e todos os restantes anteriormente divulgados.
 
Em preparação está uma pequena tournée de apresentações e actuações em algumas Lojas Fnac, a anunciar brevemente.

 

publicado por Celina Pereira às 23:51

fotos
Contactos
António Gonçalves Pereira
Tlm: 91 785 7111
E-mail: celina.agp@gmail.com
blogs SAPO